5 maneiras sobre como reduzir custos da empresa

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 6min leitura

5 maneiras sobre como reduzir custos da empresa

Nem sempre cortar despesas é suficiente. É preciso cortar custos, que, de forma consistente, vão impactar positivamente no seu negócio. Em momentos de crise, mais do que apenas uma vontade, pode ser essencial para que a sua atividade empresarial  atravesse um momento difícil em boas condições financeiras. Mas como reduzir custos da empresa sem que isso afete na qualidade do negócio?

Para que isso aconteça de forma natural, é preciso lembrar como reduzir custos da empresa precisa ser encarado como uma tarefa estratégica. Deve ser feita de forma planejada, sem expor o negócio a riscos desnecessários.

Reduzir custos pode trazer impactos indesejáveis na produção, se ela não acontecer de forma planejada. Já o corte puro e simples de um gasto, sem entender os impactos que isso pode causar no negócio, pode ser uma atitude mais arriscada.

Vamos apresentar aqui uma lista com ideias que mostram como reduzir custos da empresa de maneira inteligente, com ganhos nos processos do negócio como um todo. 

Como reduzir custos da empresa

1) Mapeamento dos processos

Antes de mais nada, é preciso conhecer como os custos impactam os processos da empresa. Em toda essa estrutura, é possível encontrar gargalos que, se melhorados, podem diminuir os gastos mensais de maneira permanente. Alguns exemplos podem estar escondidos, como licenças de software duplicadas – ou duas delas funcionando, quando na verdade só se necessita de uma. Ou seja, um problema só pode ser eliminado quando encontrado. Portanto, identificar e resolver os gargalos no processo da sua organização vai fazer com que você consiga economizar de maneira permanente, sem nenhum impacto direto naquilo que você produz ou comercializa. Para que tudo funcione de forma contínua é recomendável que se faça um mapeamento que mostre de forma clara tudo o que acontece no seu negócio. De tempos em tempos é importante fazer uma revisão nesse documento.

2) Análise do fluxo de caixa

De maneira geral, a análise do fluxo de caixa mostra as movimentações financeiras de uma empresa. As entradas e saídas de capital dentro de um determinado período de tempo. A partir desse estudo, é possível, por exemplo, ver quais são as suas principais fontes de recursos e onde estão os maiores custos. Se por exemplo houver um aumento no custo nos últimos meses, vale pesquisar quais são os motivos para essa elevação e, se for o caso, você saberá exatamente como fazer para que ele diminua, sempre que for possível. 

3) Negociação com fornecedores

Dentro de uma empresa, a dinâmica com os fornecedores pode mudar muito rapidamente. Então, é preciso estar sempre atento às alterações no mercado. O compromisso assumido há seis meses, com determinado prazo de pagamento e recebimento de um produto, por exemplo, pode estar defasado. Por isso, o trabalho de verificar a concorrência é sempre necessário. Nem sempre a troca pura e simples de um fornecedor vai ser vantajosa, até porque pode alterar de alguma forma o que você vende e isso desagradar o seu cliente. Mas uma negociação equilibrada para as duas partes pode fazer toda a diferença.

4) Corte de desperdícios

Cortar desperdícios, é, sem dúvida a melhor maneira de atacar custos desnecessários e é uma forma viável de como reduzir custos da empresa.  Nesse caso vale para todas as áreas. Passa pela energia elétrica consumida (sempre é possível encontrar desperdícios nessa área), pelo material de escritório e principalmente por objetos descartáveis, que são indesejados tanto pelo seu custo como pelo impacto ambiental que provocam. Que tal trocar os copos descartáveis por canecas, por exemplo?  No caso do material de escritório, impressões desnecessárias costumam estar entre os principais vilões no setor de custos. Com recursos tecnológicos também é possível evitar deslocamentos desnecessários para reuniões de rotina. Lembrando que em alguns casos, principalmente para negociações importantes, a presença física ainda é a melhor forma de obter bons resultados.

5) Cultura da empresa

Para reduzir os custos de uma empresa, seja ela grande ou pequena, o engajamento dos colaboradores é fundamental. É preciso que todas as decisões sejam comunicadas de maneira clara, para que se perceba que todos podem sair ganhando com a economia de recursos. Ter uma cultura para cortar aquilo que é realmente desnecessário pode fazer com que o seu negócio ganhe uma folga de caixa que pode ser aplicada, por exemplo, na melhoria das áreas comuns, beneficiando a todos.

Quer conhecer mais dicas para o seu pequeno negócio? Apresentamos aqui 6 motivos para utilizar tecnologia em pequenas empresas.

FacebookTwitterLinkedin
Topo

Guia para usar as redes sociais no pequeno negócio

Saiba tudo sobre as principais redes sociais e comece a conquistar clientes pela internet já!

Enviando...

Ao enviar, você concorda em compartilhar suas informações com o Terra Empresas. Poderemos usá-las de acordo com nossa política de privacidade.