Como abrir uma empresa: um passo a passo para vencer a burocracia

Como contratar: 4 passos para não errar ao aumentar a equipe
15 de janeiro de 2019
Saiba como precificar o seu produto
5 de fevereiro de 2019

Abrir uma empresa é um processo burocrático no Brasil. Para tirar o seu sonho do papel, você vai precisar de muita paciência e ao menos 100 dias para concluir todas as etapas. Os primeiros passos para você encontrar maneiras mais simples de como abrir uma empresa vão exigir cuidados específicos. O Terra Empresas te ajuda a superar as primeiras pedras no caminho!

 

Quanto custa

Antes de tudo, é bom que o caixa esteja preparado. O custo médio de abertura de uma empresa é de R$ 2.038 e pode variar até 274% a depender do município em que esteja a sua empresa, segundo o Firjan. Vale a pena se preparar para imprevistos e ter uma brecha no orçamento para isso.

 

Documentação necessária

É nesta etapa que a legislação começa a travar o registro das empresas. O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) e o cadastro na Previdência Social são apenas os primeiros documentos; ainda será preciso conseguir licenças, alvarás e registros estaduais e municipais para sua empresa funcionar legalmente.

O segmento de atuação do seu negócio e constituição da sua empresa impactam nas próximas etapas – e por isso é bom contar com ajuda desde o princípio. Antes de seguir, vale a pena conferir nosso texto que explica as diferenças entre microempresas (ME), empresa de pequeno porte (EPP), microempreendedor individual (MEI) ou empresa normal e detalha as possibilidades de tributação para cada uma delas: clique aqui.

 

Passo a passo de como abrir uma empresa

 

  • Antes de tudo: conte com ajuda de um contador

Você vai precisar de um contador para abrir a sua empresa caso você não seja um MEI. E mesmo que você seja um microempreendedor individual, contar com um especialista vai te ajudar a controlar as finanças e manter todos os requisitos legais em dia.

Os serviços de um contador vão te ajudar em todos os próximos passos da abertura da sua empresa. Não tenha medo de procurar ajuda! (Foto: Unsplash)

 

  • Contrato social

A etapa seguinte é elaborar o contrato social. Este documento vai definir quais serão as atividades da empresa, quantos sócios há e vai ainda descrever o funcionamento do negócio de maneira geral, como o modelo tributário a ser seguido.

É também nesta etapa que se deve avaliar se a razão social da empresa está disponível ou já foi usada por outro empreendedor. O nome precisa ser único e deve estar no contrato social assinado por um advogado e reconhecido por um cartório.

Nesta etapa, vale a pena avaliar qual é o regime tributário que melhor se adequa ao seu negócio. Comente com o seu contador sobre a possibilidade de aderir ao Simples Nacional e simplificar o recolhimento de impostos.

 

  • Registro na junta comercial

O primeiro registro a ser obtido é feito na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas em seu estado.  Este é o registro que oficializa a existência da sua empresa e deve ser feito antes da obtenção do CNPJ. A partir de agora, a sua empresa estará oficialmente no mercado, mas isso não significa que ela já pode operar.

 

  • Inscrição estadual

A inscrição estadual pode ser feita pela internet no momento de obter o CNPJ na maioria dos estados brasileiros e, em alguns deles, é preciso obtê-la antes do alvará de funcionamento. A inscrição é obrigatória para empresas que prestam serviços de comunicação e energia, comércio, indústria ou serviços de transporte intermunicipal e interestadual. Esta é a etapa que possibilita a iscrição no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

 

  • Licenças em órgãos de regulação

A obtenção de licenças dos órgãos de vistoria é fundamental para conseguir a liberação do funcionamento da sua empresa. Esses documentos são muito distintos e as exigências são diferentes a depender do ramo de atividade, local de instalação e até o porte da empresa.

 

O tamanho, nicho de atuação e localização da sua empresa afetam diretamente o processo de abertura do seu negócio. Cuidado com os detalhes! (Foto: Unsplash)

  • Alvará de localização e funcionamento

O passo seguinte é a obtenção de alvarás em nível municipal. Estes documentos garantem definitivamente o funcionamento do seu negócio ao atestar que o tipo de atividade exercida por sua empresa pode ser alocado naquela região por seguir as regras de zoneamento da cidade. As condições variam de acordo com a região e ramo de atuação do negócio.  

 

Como abrir uma empresa: paciência e ajuda com os detalhes

Com este texto, você conheceu os desafios que fazem parte da missão de como abrir uma empresa. Com paciência para tocar o processo e um pouco de ajuda especializada com os detalhes da lei, sua empresa pode sair do papel mais rapidamente.

Se você precisa de mais dicas sobre gestão, confira nosso material gratuito com seis etapas para aplicar já: clique aqui.

 

Terra Empresas

Escrito Por

Terra Empresas

O Terra Empresas traz soluções completas para você realizar negócios com os melhores produtos e serviços digitais

Anterior
Próximo
Deixe seu Comentário
Blog
Conheça nossos Produtos