Como pequenas empresas estão inovando durante a pandemia

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 6min leitura

Como pequenas empresas estão inovando durante a pandemia

Quem tem um pequeno negócio sabe que o ano de 2020 teve desafios adicionais para serem superados. A crise provocada pela pandemia no novo coronavírus fez com que as pequenas empresas tivessem de acelerar as mudanças em sua rotina, até para garantirem a sua sobrevivência. E quem conseguiu virar a chave rapidamente, ou seja, inovar, alcançou bons resultados. É o que mostra uma pesquisa do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas). Segundo o levantamento, quem inovou alcançou melhores resultados.

Primeiro, observou-se que um em cada quatro donos de pequenos negócios implementou algum tipo de inovação desde o início da crise. E quem apostou na inovação, teve melhores resultados. Quem inovou teve uma perda de receita durante a crise de 32%, enquanto as empresas que não inovaram perderam mais: 39%.

Ficou constatado que a digitalização dos serviços está entre os principais desafios dos micro e pequenos empresários. Consolidar presença nas redes sociais também é um fator considerado importante para que os negócios ganhem visibilidade e consequentemente aumentem o faturamento. 

Porém, quando se fala em inovação, não pode ser uma atitude aleatória. É preciso estar atento às movimentações do mercado. Só assim é possível promover mudanças de maneira assertiva, com maiores chances de bons resultados. É importante entender o comportamento dos clientes, para aí sim, oferecer uma solução compatível com as necessidades imediatas deles.

Oferecer boas experiências também conta muito, especialmente para os pequenos negócios. Estima-se que quase 40% dos clientes voltam a fazer negócio em um intervalo de um mês.

Inovação em pequenas empresas

Digitalização

Talvez a inovação mais óbvia que ocorreu neste período de pandemia foi a digitalização dos negócios. Se havia alguma resistência, principalmente entre as lojas físicas tradicionais, de bairro, ela acabou. Vendas pelas redes sociais, pelos aplicativos de mensagem, como o WhatsApp, ganharam força e ao que tudo indica vieram para ficar em um nível bem mais elevado do que anteriormente. Para que tudo funcione bem, a estratégia precisa estar casada com uma boa logística. Só assim a experiência do cliente fica completa. Um dos maiores pontos de insatisfação de quem compra online é justamente o atraso na entrega. É um ponto que não deve falhar.

Quando se pensa em uma estratégia de digitalização, vale lembrar que é preciso planejamento, para que ela não seja feita de forma absolutamente aleatória. Por isso, é importante observar o comportamento dos clientes para fazer uma aposta certeira.

Relacionamento

Com a digitalização, o relacionamento também precisa ser intensificado. E essa é justamente uma oportunidade que os meios digitais oferecem, o de se aproximar dos clientes. No meio digital, a comunicação precisa ser rápida e o mais transparente possível. Se o cliente apresenta uma dúvida, ela precisa ser tirada rapidamente. Muitas vezes a dúvida surge justamente no instante antes da compra. Ou seja, se a resposta demorar, pode ser que ele acabe indo visitar a loja do seu concorrente.

Marketing

Inovar no marketing, em um período de incertezas, também pode ajudar a sua empresa a se consolidar no mercado. Promover mudanças ligadas ao produto ou serviço oferecido pela empresa pode colocar seu negócio em vantagem em relação à concorrência. Aí valem mudanças no design do produto, um reposicionamento no mercado, uma comunicação mais próxima do cliente e também uma segmentação que faça com que você possa oferecer o que a pessoa esteja procurando. 

Automatização

Automatizar os processos, com a observação de mecanismos de controle vai ajudar a efetuar as medições e fazer as correções necessárias sem que seja necessária uma equipe designada para isso. A partir daí, o pessoal pode ficar disponível para um atendimento especializado, proporcionando uma melhor experiência ao cliente. Por exemplo, em alguns restaurantes, já é possível fazer o pedido de maneira eletrônica, mesmo dentro do próprio salão. Desse modo, o garçom fica à disposição para tirar dúvidas do cliente e proporcionar um atendimento mais personalizado.

Inovar de forma contínua

Ao perceber os tipos de inovação existentes, você vai identificar em qual frente você ou sua equipe vão poder atuar para implementar as transformações necessárias para o seu empreendimento. Vale lembrar que a inovação não é um fim. Se você inovou desde o início da pandemia, observe que 2021 será um ano com tantos ou mais desafios que 2020. As previsões são de recuperação nos negócios, mas ainda com muitas barreiras a serem superadas.

As inovações, via de regra, trazem vantagem competitiva em relação à concorrência do seu segmento de negócios e possibilita o desenvolvimento, a evolução, e o crescimento dos das vendas de maneira consistente.

As soluções apresentadas acima não são respostas universais para os desafios do empreendedor de pequenas empresas. Antes de tentar colocar algum desses pontos em prática, tenha em mente quais são as prioridades do seu negócio.

FacebookTwitterLinkedin
Topo

Guia para usar as redes sociais no pequeno negócio

Saiba tudo sobre as principais redes sociais e comece a conquistar clientes pela internet já!

Enviando...

Ao enviar, você concorda em compartilhar suas informações com o Terra Empresas. Poderemos usá-las de acordo com nossa política de privacidade.