O que é fluxo de caixa: como controlar o dinheiro da sua empresa

Otimizando os seus gastos: 5 dicas de gestão financeira para microempreendedor
12 de março de 2019
6 ferramentas para melhorar a sua gestão empresarial
20 de março de 2019

Os cuidados necessários para comandar uma empresa exigem que o empreendedor estude técnicas e conceitos de contabilidade. O instrumento básico para o processo de gestão financeira é o fluxo de caixa. O controle sobre recebimentos e despesas guia a gestão da sua pequena empresa, ajuda a organizar o seu negócio e pode evitar grandes problemas.

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é o valor resultante dos movimentos de entrada e saída de dinheiro no caixa da empresa. Esta ferramenta tem o objetivo de apurar e projetar o saldo disponível no caixa da empresa, facilitando a promoção de investimentos ou ajustes no orçamento.

O processo consiste basicamente em reunir informações. De maneira simples, será preciso registrar todas as entradas (receita obtida com vendas de produtos ou prestação de serviços, investimentos ou empréstimos) e saídas do caixa (despesas administrativas, pagamento a fornecedores, compra de insumos, pagamento de financiamentos e todos os outros custos).

O primeiro cuidado contábil é o controle do fluxo de caixa. Se você pretende iniciar ou aprimorar seus registros contábeis, este é um ótimo ponto de partida! (Foto: Unsplash)

Benefícios de um fluxo de caixa saudável

Ainda é comum que empreendedores brasileiros negligenciem os cuidados financeiros e não façam o registro do fluxo. Uma das razões para isso é a falta de conhecimento sobre os benefícios de se manter esse registro atualizado. Se ainda te faltam motivos para isso, aqui vai uma lista:

Informação para tomada de decisão

O “achismo” é uma pedra no caminho dos pequenos empresários. Guiados pela necessidade de comandar diversos setores da empresa simultaneamente, as decisões são tomadas sem se levar em consideração dados financeiros, de mercado ou mesmo o número de vendas e isso acaba prejudicando o andamento dos negócios. O registro das entradas e saídas evita este problema.

O primeiro cuidado contábil é o controle do fluxo de caixa. Se você pretende iniciar ou aprimorar seus registros contábeis, este é um ótimo ponto de partida! (Foto: Unsplash)

Benefícios de um fluxo de caixa saudável

Ainda é comum que empreendedores brasileiros negligenciem os cuidados financeiros e não façam o registro do fluxo. Uma das razões para isso é a falta de conhecimento sobre os benefícios de se manter esse registro atualizado. Se ainda te faltam motivos para isso, aqui vai uma lista:

Informação para tomada de decisão

O “achismo” é uma pedra no caminho dos pequenos empresários. Guiados pela necessidade de comandar diversos setores da empresa simultaneamente, as decisões são tomadas sem se levar em consideração dados financeiros, de mercado ou mesmo o número de vendas e isso acaba prejudicando o andamento dos negócios. O registro das entradas e saídas evita este problema.

 

Tomar decisões será muito mais fácil com o controle do fluxo de caixa. A previsão de quanto dinheiro haverá no caixa ajuda a confirmar ou não uma impressão sua! (Foto: Unsplash)

Identificação dos gargalos

A estruturação do fluxo permite perceber como as vendas do seu negócio oscilam ao longo do ano e, consequentemente, como isso afeta as contas da sua empresa. Com a previsão de quando acontecem mais ou menos vendas, é possível remanejar o orçamento para evitar a falta de dinheiro em momentos com menor receita, por exemplo.

O que custa mais?

Uma grande dificuldade do empreendedor é identificar quanto custa a produção de um artigo ou a prestação de um serviço. Isso acontece principalmente quando é preciso se desdobrar para comprar, vender, atender e fazer o controle financeiro do negócio.

Este problema pode ser facilmente resolvido com o controle do fluxo de caixa. Ao identificar como se gasta o dinheiro da empresa, é possível descobrir o que é mais caro de fazer e tentar diminuir os custos de produção ou substituir aquela modalidade de serviço ou tipo de produto.

Planejamento

Por maior que seja o seu interesse em planejar as ações para a sua empresa crescer no próximo ano, esse processo não será possível sem o controle do fluxo de caixa. Ao saber quanto dinheiro estará disponível ao longo do ano, seus objetivos de aumentar a equipe, fazer investimentos ou trocar a sede podem ser planejados para o momento em que há mais dinheiro em caixa.

Controlar o fluxo de caixa para se planejar e crescer

A razão que impede o crescimento da sua empresa pode ser a falta do controle financeiro. Um bom ponto de partida para lidar com esse problema é o registro de entradas e saídas a partir do fluxo de caixa, que permite saber quanto dinheiro haverá no caixa de empresa em cada momento do ano e planejar investimentos ou remanejamentos no orçamento.

Se você precisa de mais dicas de gestão, clique aqui e acesse o material gratuito.

 

 

Terra Empresas

Escrito Por

Terra Empresas

O Terra Empresas traz soluções completas para você realizar negócios com os melhores produtos e serviços digitais

Anterior
Próximo
Deixe seu Comentário
Blog