Menu Terra Blog Empresas

Livros para mulheres: 10 títulos que você não pode deixar de ler

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 11min leitura

Livros para mulheres: 10 títulos que você não pode deixar de ler

A leitura é um hábito saudável que deve ser cultivado por todas as pessoas, sobretudo, quando transmitem mensagens construtivas. Existem livros para mulheres que são verdadeiros ensinamentos e podem ajudar, tanto na vida pessoal quanto profissional.

São diversos gêneros literários e acadêmicos que detalham cotidianos e rotinas, além de mostrar possibilidades antes não pensadas. Assim são os livros voltados para o empreendedorismo, que apresentam ideias, relatos e exemplos de sucesso. 

Muitas mulheres empreendedoras podem encontrar na literatura o caminho que procuram para iniciar um negócio ou recuperar aquele que já está ativo no mercado. Continue com a gente, porque aqui você vai conferir:

  • Qual o livro que toda mulher deveria ler?
  • Quais os melhores livros para mulheres?
  • 10 dicas de livros para empreendedoras
Senhora concentrada, sentada em um branco de praça, lendo um livro para mulheres empreendedoras

Qual o livro que toda mulher deveria ler?

Os livros são criados para contar uma história ou ensinar sobre um assunto, trazendo informações que enriquecem o conhecimento. Durante a leitura, é possível mergulhar em universos muitas vezes desconhecidos. 

Considerando que as mulheres são polivalentes por natureza, muitos títulos podem colaborar para o fortalecimento e empoderamento feminino. 

Tudo depende dos objetivos e da busca por conhecimento, já que enquanto umas estão à procura de ideias de empreendedorismo feminino, outras querem aprender a lidar com a ansiedade e o medo de enfrentar determinados desafios.

No entanto, quando o assunto é livro para mulheres, podemos destacar “Sejamos todos feministas” de Chimamanda Ngozi Adichie. 

A autora aborda de maneira bem didática a importância do feminismo, bem como as diferentes maneiras que o machismo afeta a vida das pessoas. Portanto, uma leitura importante para empreendedoras. 

Quais os melhores livros para mulheres?

De modo geral, quando se fala em livros para mulheres, muitos devem pensar em temas ligados à moda, beleza, maternidade ou relacionamentos. Porém, esses não são os únicos temas pelos quais elas se interessam.

Mais do que fazer da leitura um hábito ou uma forma de enriquecer o vocabulário, as mulheres têm buscado nos livros exemplos de inspiração, insights e direcionamento, sobretudo, no campo profissional. 

É isso mesmo, as empreendedoras são metódicas, estudiosas e preocupadas em se preparar para enfrentar um mercado ainda desigual. Seja pelas dificuldades de apoio na concepção do negócio ou pela condição de gênero, se apoiar em literaturas fortes, faz toda a diferença.

Foi pensando nisso que preparamos uma lista com os 10 melhores livros para mulheres, trazendo um pouco do que você vai conferir durante o tempo de imersão. 

No resumo de cada um deles você vai encontrar, não uma sinopse, mas os motivos pelos quais não deve deixar de colocar nos seus planos de leitura. Vamos lá?

1. #Girlboss – Sophia Amoruso

Girlboss, livro para mulheres empreendedoras da Sophia Amoruso

De uma ideia simples, nasceu um grande negócio — assim começou a trajetória de sucesso da autora, quando começou a comercializar roupas usadas no eBay. A história da fundadora e CEO da Nasty Gal é uma daquelas leituras apaixonantes e inspiradoras.

A loja virtual com mais de 350 funcionários e avaliada em 100 milhões de dólares mostra que ter visão e aproveitar as oportunidades pode resultar em um negócio lucrativo.

Além disso, o livro ensina sobre empreendedorismo e ajuda mulheres em busca de autoconfiança para enfrentar os desafios. 

2. Beleza Natural – Lina Melo

Beleza Natural, livro para mulheres empreendedoras da Lina Melo

No Brasil existem milhares de meninas e mulheres com cabelos que necessitam de cuidados específicos. Fios crespos, cacheados ou ondulados não podem ser tratados como os lisos. Foi exatamente isso que percebeu Zica Assis, o principal nome por trás da Rede de Cabeleireiros Beleza Natural. 

Inconformada com os produtos encontrados nas lojas, decidiu criar uma fórmula própria para transformar cabelos crespos em belos cachos. 

Além de inovar no mercado e gerar empregos, o Beleza Natural tem uma contribuição ainda mais significativa: devolver a autoestima a tantas mulheres. 

3. Faça Acontecer – Sheryl Sandberg e Denise Bottmann

Faça Acontecer, livro para mulheres empreendedoras da Sheryl Sandberg e Denise Bottmann

Eleita pela revista Forbes uma das dez mulheres mais poderosas do planeta, Sheryl Sandberg é isso tudo mesmo. Desde 2008 à frente das operações do Facebook, a COO da companhia faz história.

São muitos motivos para incluir esse livro na sua lista de próximos títulos, no entanto, o principal deles tem a ver com o manifesto de luta pela igualdade de gênero nos cargos de liderança, em que ela encoraja as mulheres a não se intimidarem e sonharem alto.

4. O momento de voar – Melinda Gates

O momento de voar, livro para mulheres empreendedoras da Melinda Gates

Graduada em Ciência da Computação e Economia, Melinda Gates não é apenas a esposa do fundador da Microsoft, mas uma mulher forte e empoderada que contribui para o desenvolvimento social a partir de suas ações filantrópicas realizadas pela Fundação Bill e Melinda Gates. 

Foram vários projetos de impacto global, com foco na melhoria da educação e redução da pobreza extrema. 

O livro traz esses relatos e enfatiza a importância da participação das mulheres e do empoderamento feminino como pontos efetivos de partida.

5. De empreendedor e louco todo mundo em um pouco  – Linda Rottenberg 

De empreendedor e louco todo mundo tem um pouco, livro para mulheres empreendedoras da Linda Rottenberg

A autora e empresária americana Linda Rottenberg é CEO e co-fundadora da Endeavor, uma organização sem fins lucrativos que incentiva o poder do empreendedorismo. Ela defende a ideia de que é importante ter um pensamento empreendedor rotineiro para aproveitar as oportunidades. 

Chamada de louca por ajudar empreendedores de mercados emergentes e acreditar que era possível, hoje, toma o adjetivo como elogio. 

E é por causa dela que os termos “empreender” e “empreendedorismo”, que não existiam na nossa língua, foram incluídos no dicionário da língua portuguesa.

6. Lugar de mulher é onde ela quiser – Patrícia Lages

Lugar de mulher é onde ela quiser, livro para mulheres empreendedoras da Patrícia Lages

Muito antes da hashtag que circula pelas redes sociais, a autora já colocava as mulheres para pensar em serem empreendedoras e ocuparem espaços, bem como serem respeitadas onde estiverem. 

O livro traz dicas e ideias de como percorrer o caminho do empreendedorismo, seja como empresária, funcionária, profissional liberal e até mesmo freelancer. 

De leitura leve e gostosa de assimilar, o conteúdo traz uma visão importante de que não é preciso necessariamente abrir um negócio para que uma mulher seja considerada empreendedora.

Portanto, uma leitura obrigatória para que cada mulher entenda o seu papel na sociedade e se identifique com aquilo que a torna feliz e realizada.

7. The Woman I Wanted To Be – Diane Von Furstenberg

The Voman I Wanted To Be, livro para mulheres empreendedoras da Diana Von Furstenberg

Como uma das mulheres mais influentes, admiradas e inovadoras dos últimos tempos, a estilista e autora do livro mostra os bastidores da sua veia empreendedora. 

Trazendo um significado do que é ser mulher e sobreviver no mercado, seu relato inspira e dá coragem para quem deseja trilhar os mesmos passos e vencer no empreendedorismo feminino.

 8. Mulheres extraordinárias – Charlotte Gordon

Mulheres extraordinárias, livro para mulheres empreendedoras da Charlotte Gordon

O livro é uma biografia de duas mulheres extraordinárias: Mary Wollstonecraft e Mary Shelley, autora de Reivindicação dos Direitos da Mulher e criadora de Frankenstein, respectivamente. 

Um compilado sobre a vida dessas duas que colecionam uma série de coincidências em suas trajetórias de vida. Entre as similaridades:

  • Se tornaram escritoras famosas;
  • Apaixonaram-se por homens geniais e impossíveis;
  • Foram mães solteiras, com filhos fora do casamento;
  • Viveram em exílio;
  • Lutaram por uma posição na sociedade;
  • Desafiaram os costumes da época;
  • Eram mãe e filha — Mary Wollstonecraft morreu 11 dias depois de dar à luz. 

A dica de reflexão na leitura é observar o poder transformador do movimento literário em épocas e gerações diferentes. 

9. In the Company of Women – Grace Bonney

In the Company of Women, livro para mulheres empreendedoras da Grace Bonney

Eleito um best seller pelo New York Times, o livro é uma verdadeira inspiração e exemplo para todas as mulheres ao redor do planeta. O título traz 100 entrevistas com mulheres de diferentes perfis — hábitos, práticas e visões do mundo em aspectos variados. 

São centenas relatos, percepções e ideias que construíram um movimento global de empreendedorismo. 

Nas entrevistas são compartilhadas histórias de superação das adversidades e desenvolvimento do poder criativo.

10. Empreendedoras de Alta Performance – autores diversos

Empreendedoras de Alta Performance, livro para mulheres empreendedoras de autores diversos

O livro narra as histórias das empreendedoras de maior destaque no Brasil da atualidade. Só aí já é motivo para querer colocar o título nos planos de leitura e acompanhar a trajetória dessa nova geração de líderes femininas. 

São quase 40 brasileiras que representam empreendedoras em ascensão pelo país. Além disso, o texto reúne as estratégias de empreendedorismo feminino e suas aplicações nos diversos tipos de negócios.

Conclusão

Como você pôde ver, essas obras não são apenas livros para mulheres, mas a oportunidade de assimilar conteúdo de qualidade e ter uma infinidade de ideias a partir dos relatos e histórias de protagonismo feminino.

Se você buscava inspiração para vencer os desafios do empreendedorismo feminino e colocar em prática aquela ideia que há muito tempo está engavetada, a hora é agora. 

Aproveite a leitura, organize as ideias, faça um planejamento e busque apoio em quem acredita no poder de transformação da mulher empreendedora. 

Não será por falta de exemplo que você deixará de colocar seus planos em prática.

Mãos à obra e boa sorte!

FacebookTwitterLinkedin
Topo



Veja também