Loja virtual grátis: benefícios e riscos

E-mail profissional: 8 benefícios de se ter um para sua empresa
22 de março de 2019
Criar um site: 4 passos rápidos!
4 de abril de 2019

Um dos primeiros passos para vender na internet é abrir uma loja virtual. É comum que se escolha plataformas que atendam necessidades básicas do vendedor virtual e esse serviço costuma ser ofertado via loja virtual grátis. Mas quais são os pontos positivos e negativos de se iniciar um negócio online com uma plataforma de e-commerce gratuita?

Vantagens da loja virtual grátis

O principal benefício de se optar pela loja virtual grátis é a praticidade no processo de abertura e ausência de mensalidade. Confira os três principais benefícios de se optar pela loja gratuita:

Custo-benefício

A primeira vantagem que salta aos olhos do vendedor é o custo-benefício no início da jornada na internet. A gratuidade é um atrativo e tanto para quem não tem dinheiro no bolso para investir em uma plataforma profissional e pode ser a única alternativa para tirar o seu negócio do papel.

Praticidade

O processo para tirar uma loja virtual grátis do papel é mais rápido e fácil do que o exigido em plataformas profissionais pagas. Os cadastros são simples e não se exigem conhecimento específico em programação ou marketing para divulgar os seus produtos.

Interfaces prontas

A facilidade para escolher o design das lojas a partir de modelos prontos também é um diferencial das plataformas gratuitas. Afinal, você vai economizar tempo ao selecionar modelos pré-definidos.

A escolha por plataformas gratuitas pode deixar a sua loja virtual com o mesmo visual das concorrentes. O quanto isso pode atrapalhar as suas vendas? (Foto: Unsplash)

Desvantagens da loja virtual grátis

A falta de personalização e limitação das funções pode afetar a eficiência da sua loja virtual. Os principais riscos de se optar pelas lojas gratuitas são:

Ausência de suporte

Em plataformas gratuitas você não precisa de suporte porque não há tantas alternativas de personalização ou segurança. Já nas plataformas pagas, o atendimento técnico é ofertado no pacote e qualquer problema ou alteração serão atendidos sempre que for preciso.

Falta de segurança

Algumas plataformas gratuitas são desenvolvidas com código aberto e isso significa que qualquer um pode ter acesso às configurações da página e, se houver objetivo de se hackear o seu site, obter dados contidos em sua página. Já as lojas virtuais contratadas ofertam diferentes certificados de segurança que vão garantir a confidencialidade das informações bancárias dos clientes e do sistema da loja como um todo.

As plataformas pagas garantem a confidencialidade dos dados de cartões de crédito e informações pessoais. As pessoas podem evitar comprar em sua loja se não houver segurança! (Foto: Unsplash)

Limite de acessos

É comum que as lojas virtuais ofertem uma quantidade limitada de visitantes nos formatos gratuitos e exijam pagamento para que mais pessoas possam comprar. Plataformas pagas não limitam os acessos, oferecem soluções de marketing e publicidade para aumentar o tráfego e ainda podem te ajudar a encontrar as melhores alternativas técnicas para o público que você pretende atingir.

Se possível, não contrate lojas virtuais grátis

Sempre há pontos positivos e negativos ao optar por uma solução gratuita. No caso das lojas virtuais grátis, o ideal é não optar por modelos gratuitos. Essa decisão coloca em risco a operação da sua loja e até o cliente que acessa a sua plataforma.

Se você precisa de ajuda para anunciar os seus produtos na internet, acesse o link e saiba mais: clique aqui.

 

 

Terra Empresas

Escrito Por

Terra Empresas

O Terra Empresas traz soluções completas para você realizar negócios com os melhores produtos e serviços digitais

Anterior
Próximo
Deixe seu Comentário
Blog
Conheça nossos Produtos