Planejamento Estratégico Empresarial: planejar para crescer

Estratégias para escolher a melhor plataforma de e-commerce
Estratégias para escolher a melhor plataforma de e-commerce
25 de setembro de 2019
5 dicas práticas para abrir uma loja online de roupas
5 dicas práticas para abrir uma loja online de roupas
25 de novembro de 2019

Para quem não sabe aonde ir, qualquer caminho serve. Certo? Errado! Se essa frase é usada de forma negativa por especialistas da mente e comportamento humanos, imagine o efeito devastador dessa postura no mundo dos negócios, ainda mais em uma pequena empresa que busca crescer no mercado. Se você não quer que o seu investimento esteja como um barco à deriva, que tal lançar mão de um bem-feito planejamento estratégico empresarial?

Como fazer um Planejamento Estratégico Empresarial?

Antes de qualquer coisa, tenha em mente que um bom planejamento estratégico empresarial pode determinar o sucesso ou fracasso do seu negócio. E a importância dele não se restringe aos primeiros passos — também serve para uma pequena empresa que deseja aumentar o seu porte.

Para começar, tenha foco! Para quem está começando, um bom Plano de Negócios permite a análise da viabilidade de um determinado investimento. Sua elaboração exigirá minucioso trabalho de pesquisa. Para isso, há opções de cursos e qualificações que lhe permitirão proceder de forma assertiva no processo.

Se o seu empreendimento já deu o start, essa etapa irá auxiliá-lo (a) no alinhamento da missão, da visão e dos valores da empresa, assim como equilibrar a expectativa entre gestores e demais funcionários. É o momento de detectar erros e corrigi-los para dar sequência ao plano de ação.

É importante que todos estejam alinhados com a missão, a visão e os valores da empresa. O planejamento te ajuda a atingir esse objetivo!
É importante que todos estejam alinhados com a missão, a visão e os valores da empresa. O planejamento te ajuda a atingir esse objetivo! Imagem: Unsplash

No plano de ação de um planejamento estratégico empresarial, pode-se usar uma técnica conhecida como 5w2h, onde os 5W são What (o que será feito?); Why (por que será feito?); Where (onde será feito?); When (quando?); Who (por quem será feito?); e os 2H são How (como será feito?) e How much (quanto vai custar?).

Traçando metas

Com esse diagnóstico em mãos, é o momento de traçar metas que vão nortear toda a caminhada da organização. O professor norte-americano George Doran afirma que elas devem ser: de caráter específico, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com tempo já estabelecido.

Algumas ferramentas que podem auxiliar são: OKRs (cujo foco é voltado para as metas de forma bem objetiva e priorizando dados mensuráveis e de fácil visualização), fluxos de caixa, demonstrativos de resultados (DRE), balanços patrimoniais e pesquisas de concorrência e de mercado, além de diagnósticos empresariais. Será a partir daí que o planejamento estratégico empresarial irá nortear o trabalho para que a pequena empresa possa crescer.

Uma dica para desenvolver o planejamento estratégico empresarial é a Análise SWOT, sigla em inglês para Força — Strengths (S); Fraquezas — Weaknesses (W); Oportunidades — Oportunities (O); e Ameaças — Threats (T). A ferramenta permite identificar, por meio de um quadro, metas e ações que contribuem para o crescimento da pequena empresa de uma forma mais direta.

Para isso, são diagnosticadas pontos fortes e fracos da organização e como eles devem ser trabalhados de acordo com a metas estabelecidas. Vale ressaltar que é recomendável estabelecer um prazo viável para aplicar o método SWOT.

A análise deve ser feita conforme o modelo a seguir:

Na SWOT, é possível detectar os pontos fortes e fracos da organização e como eles podem ser trabalhados. Pesquisa esta técnica!
Na SWOT, é possível detectar os pontos fortes e fracos da organização e como eles podem ser trabalhados. Pesquise esta técnica! Fonte: Treasy

Administre o seu tempo!

Por último, mas não menos importante, não se deve negligenciar o tempo dedicado ao cumprimento das metas e ao alcance das expectativas. E também não deixe de lado o planejamento pessoal. Às vezes, na ânsia de ver sua pequena empresa crescer, o microempreendedor não observa os períodos de descanso, as férias, a família e a saúde, por exemplo. Portanto, com um planejamento estratégico empresarial de qualidade será possível chegar a resultados satisfatórios — sem que, para isso, o seu próprio negócio e outras áreas de sua vida sejam sacrificados.

Confira mais conteúdos que vão ajudar a gerenciar seu negócio em nossa seção de Gestão Empresarial!

Terra Empresas

Escrito Por

Terra Empresas

O Terra Empresas traz soluções completas para você realizar negócios com os melhores produtos e serviços digitais

Deixe seu Comentário
Blog