Menu Terra Blog Empresas

WhatsApp para empresas: dicas para aumentar suas vendas

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 6min leitura

WhatsApp para empresas: dicas para aumentar suas vendas

Entre os aplicativos de mensagens, o WhatsApp é disparado o mais utilizado no Brasil, com mais de 130 milhões de usuários. Além da facilidade para a resolução de problemas pessoais, o programa é uma poderosa ferramenta para as vendas e contato direto das empresas com o consumidor final.

Mas muita calma. Não dá para sair por aí disparando mensagens sem uma estratégia bem definida. Vale lembrar que mensagens não autorizadas, também conhecidas por spams, são um tiro no pé, já que ninguém gosta de ter a sua privacidade invadida, ainda mais no seu telefone pessoal.

Com a popularidade do aplicativo, em 2018 foi criado o  WhatsApp Business, destinado a empresas e que funciona tanto no sistema IOS como no Android, com algumas diferenças para o WhatsApp Messenger, aquele que a gente usa no dia a dia. 

O WhatsApp para empresas inclui ferramentas para automatizar, classificar e responder mensagens, apresenta relatórios sobre mensagens enviadas, entregues e lidas, permite programar respostas, entre outras funcionalidades, como criar etiquetas para definir o status de cada cliente: preferencial ou novo, por exemplo. Vale lembrar que o serviço é gratuito.

Vamos listar cinco dicas de como usar o WhatsApp para empresas, com boas possibilidades de aumentar as vendas do seu negócio:

1) Organize os contatos

Para construir uma boa rede para o Whatsapp da sua empresa, é preciso, antes de mais nada, a autorização dos clientes para que eles entrem na sua lista. Dessa forma, toda vez que você faz uma venda, você pode pedir o contato e explicar de que forma ele será usado, seja para a divulgação de ofertas, descontos exclusivos ou uma ação que você pretenda desenvolver. A transparência é essencial. Uma vez com os contatos em mãos, vale a pena organizá-los por faixa etária, tipo de serviço utilizado, entre outros. Vale pedir para que a pessoa coloque o número da sua empresa entre os contatos dela, o que vai facilitar na comunicação. É importante separar os contados da empresa dos seus contatos pessoais em uma linha exclusiva.

2) Prefira as listas

Quem usa o WhatsApp Messenger certamente participa de algum grupo, seja da família, do pessoal do trabalho, ou mesmo de amigos. E sabe que nesses grupos, muitas vezes a conversa foge do controle. Justamente por isso, prefira as listas aos grupos. Nas listas você seleciona uma quantidade de pessoas e pode disparar a mesma mensagem para todos, sem que eles interajam entre si. Você pode criar listas personalizadas para seus clientes mais antigos, para aqueles que costumam comprar um certo tipo de produto, e por aí vai. Em um grupo, uma queixa, por exemplo, pode virar uma bola de neve. Sem contar na possibilidade de surgirem assuntos fora do contexto da sua empresa, o que pode afastar muita gente do seu negócio.

3) Crie um cronograma

Ter um cronograma equilibrado para o envio de mensagens é importante na hora de aplicar a sua estratégia de vendas. Por isso, muitas vezes não vale a pena mandar a mesma mensagem para um grande número de pessoas com a mesma abordagem. Afinal, você tem clientes cativos, outros que conheceram o seu negócio há pouco tempo. Esse cronograma deve prever como abordar o cliente conforme ele ingressa e avança pelo seu funil de vendas. 

4) Ofereça conteúdo

Assim como no Facebook, no Instagram, ou no seu blog, a oferta de conteúdo por meio do WhatsApp para empresas pode trazer relevância para o seu negócio. Se você vende roupas, por exemplo, vídeos curtos, com dicas de lavagem das peças, podem ser interessantes. Dá também pra fazer o resumo de uma postagem do seu blog e direcionar o seu cliente para lá. A frequência vai variar de acordo com o seu tipo de negócio. Mandar mensagens seguidamente nem sempre é uma boa ideia. Nesse caso, o bom senso é essencial. Outra dica é utilizar a versão Web para mandar as mensagens. Isso vai ajudar, por exemplo, a evitar erros de digitação comuns, que ocorrem nos teclados de celular.

5) Esteja disponível

Pode parecer básico, mas muitas vezes não acontece. Se você tem um negócio local, é muito importante esteja disponível, pelo menos no horário comercial. Uma pessoa que precisa de um produto imediatamente, seja por meio de entrega ou mesmo para a retirada, vai dar preferência para o seu negócio. Por meio do comércio eletrônico tradicional, não há uma interação que permita, por exemplo, negociar o prazo de entrega ou mesmo conseguir algum desconto. Dessa forma, o atendimento deve ter o mesmo procedimento daquele no balcão. Disponibilidade, rapidez e atenção sempre cativam os clientes. Uma demora na resposta pode fazer com que o seu negócio seja visto como pouco profissional.

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre dicas para aumentar suas vendas? Acesse também: Otimize seu site e saiba como vender pela internet. 

FacebookTwitterLinkedin
Topo



Veja também