7 dicas para aproveitar a Black Friday e aumentar suas vendas

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 5min leitura

7 dicas para aproveitar a Black Friday e aumentar suas vendas

Se nos últimos anos a Black Friday passou a ser uma das datas mais esperadas dos lojistas, com volume de vendas inferior apenas ao Natal – R$ 3,2 bilhões nos quatro dias de campanha do ano passado -, desta vez, a expectativa é ainda maior. Isso porque atravessamos um ano atípico, marcado pelo fechamento do comércio tradicional no início da pandemia do novo Coronavírus, e pela migração em massa de estabelecimentos comerciais para o mercado online. Nesse cenário, a concorrência promete ser ainda mais acirrada. Para ajudar na sua estratégia, o Terra Empresas preparou algumas sugestões para que você tenha um melhor desempenho na Black Friday.

Dicas – Black Friday

1) Esteja preparado

Entre as dicas para a Black Friday, a primeira pode parecer simples, mas vai fazer toda a diferença se for bem executada. Não adianta esperar melhores vendas se você não estiver preparado. Tudo precisa estar funcionando bem, para que não haja frustração para o consumidor. Por isso, vale revisar e ampliar o estoque, além de preparar bem a logística, ponto fundamental para converter o seu cliente para novos negócios.

2) Desconto pra valer

Com o passar dos anos, os clientes ficaram mais conscientes e têm o hábito de acompanhar os preços dos produtos por um bom tempo, antes da Black Friday. A missão é facilitada pelos buscadores que comparam e mostram as melhores ofertas. Por isso, se o desconto não for bom e competitivo, as chances de vendas vão diminuir bastante e você pode deixar a data passar com um resultado bem abaixo do esperado.

3) Anuncie online

Outra dica para a Black Friday é fazer uma boa campanha de divulgação dos seus produtos ou serviços com antecedência. A Black Friday deste ano será no dia 27 de novembro. Portanto, vale começar pelo menos 30 dias antes, apresentando aquilo que você acredita que possa ser o carro chefe de vendas. Isso vai aumentar as chances de que o consumidor recorde do seu produto na hora de realizar a compra.

4) Turbine as redes sociais

Para reforçar a sua presença digital, também é preciso uma boa campanha nas redes sociais. Não é só postar. É preciso uma estratégia de convencimento, passo a passo, até levar o consumidor à decisão final. Boas imagens do produto ou serviço, especialmente em vídeo, podem ajudar na missão. As redes sociais devem estar preparadas com conteúdo exclusivo e de qualidade para chamar a atenção dos consumidores.


5) Produtos em alta

Uma dica para a Black Friday é pesquisar os produtos que estão em alta, ou seja, aqueles que as pessoas mais buscam neste período. Uma análise bem feita pode ajudar no seu planejamento e fazer com que o desempenho do seu negócio possa ter um ganho significativo da data. Também dá para apostar em produtos que sejam relacionados aos mais procurados, como acessórios, por exemplo. Quem está disposto a comprar um determinado produto, normalmente leva em conta as ofertas de outros que tenham ligação com a sua escolha.

6) Prepare o seu SAC

Muita gente se prepara para as vendas, mas esquece de um ponto que é fundamental. O pós-venda. A Black Friday é uma oportunidade de fidelizar os clientes, por isso, o atendimento precisa ser impecável, seja para tirar as dúvidas antes da compra solucionar algum problema que o cliente tenha na sua experiência comercial. Por isso, as respostas precisam ser ágeis e as mais diretas possíveis. Não tem nada que irrita mais um consumidor que que a sensação de ser enrolado. Se houver problema, principalmente com a entrega, ele precisa ser corrigido o quanto antes. Caso contrário, é possível que o cliente encerre relacionamento com o seu negócio.

7) Dê opções de pagamento

Nas vendas online, praticamente todos aceitam pagamento por meio de cartão de crédito. Mas parou para pensar que muita gente não tem cartão e precisa de outras opções? Por isso, é preciso levar em conta a possibilidade de pagamento por meio de boletos bancários, diversidade de pagamentos em mais parcelas, de acordo com o valor da compra, além do débito em conta. Outra sugestão é a possibilidade de que mais de um cartão seja utilizado na compra, devido aos limites de crédito impostos pelas operadoras de crédito

FacebookTwitterLinkedin
Topo

Guia para usar as redes sociais no pequeno negócio

Saiba tudo sobre as principais redes sociais e comece a conquistar clientes pela internet já!

Enviando...

Ao enviar, você concorda em compartilhar suas informações com o Terra Empresas. Poderemos usá-las de acordo com nossa política de privacidade.