Menu Terra Blog Empresas

Quando investir em uma loja física? Descubra!

publicado por Terra Empresas

Minutos de Leitura 13min leitura

Quando investir em uma loja física? Descubra!

Se há alguns anos alguém dissesse que o mundo seria dominado pelo universo online e o cliente passaria a fazer boa parte das suas compras pela internet, seria difícil visualizar esse cenário.

No entanto, o que era tendência virou realidade e, cada vez mais, surgem lojas virtuais. Mas, e a loja física? Você que está aí pensando em como expandir o seu negócio, deve estar em dúvida se vale investir nesse formato. 

Muitos empreendedores, almejando conquistar variados perfis de público, têm trabalhado de forma integrada. Ou seja, ter loja física e online para disponibilizar suas mercadorias.

Essa pode ser uma estratégia interessante. No entanto, o ideal é você avaliar o mercado em que seu negócio está inserido antes de tomar uma decisão. 

Para ajudar, trouxemos neste artigo uma série de informações sobre a abertura de uma loja física, suas vantagens e desvantagens. Então, veja o que vai conferir por aqui:

  • Por que ter uma loja física? 
  • O que fazer para montar uma?
  • Vale a pena investir? 
  • Quais as vantagens e desvantagens?
  • Quais as diferenças de uma loja física e uma virtual? 
  • Qual é melhor: loja física ou virtual? 
  • Como integrar com a virtual?

Por que ter uma loja física? 

A princípio talvez seja difícil responder a essa pergunta. Afinal, esse é o formato tradicional do varejo, onde temos um endereço físico, com diversos itens expostos em vitrines, gôndolas e prateleiras.

Entretanto, o mundo mudou e, com ele, surgiram novas possibilidades, fruto do domínio da internet e da transformação digital. Esses fatores alteraram o comportamento do consumidor, que passou a realizar suas compras online.

Porém, antes de tomar a sua decisão, verifique se o seu público, ou parcela significativa dele, gosta de ir à loja conferir os produtos de perto antes de fechar uma compra. 

Somente depois dessa análise, você poderá decidir se o seu negócio será ou não bem-sucedido com um comércio físico. 

O que fazer para montar uma loja física?

Primeiramente, faça uma pesquisa de mercado e avalie o potencial de sucesso do seu negócio nesse formato. Aliás, é preciso elaborar um bom planejamento, além de detalhar as variáveis e impactos. 

Para isso, considere alguns aspectos, por exemplo: 

  • Definição do investimento: orçamento disponível para investir na estrutura, estoque, mão de obra, entre outros;
  • Identificação do seu público: perfil, idade, preferências, hábitos de compra etc.;
  • Escolha do local: localização de visibilidade e fácil acesso;
  • Divulgação da loja física: mídia impressa ou virtual, redes sociais, entre outras formas;
  • Treinamento da equipe: se tiver funcionários, é importante capacitar o time para um atendimento padronizado e eficiente ao cliente. 

Em cada um desses pontos, é possível explorar diversos quesitos para não correr o risco de erros. Na prática, você vai precisar de um estoque e pensar no controle dos itens para não vender uma mercadoria indisponível.

Antes de abrir uma loja, também é importante assegurar que seu estabelecimento ofereça formas diversificadas de pagamento. Ou seja, é preciso ir além da maquinha de cartão.

Vale a pena investir em uma loja física? 

A loja física tem um custo operacional elevado e deve ser muito bem pensada. Até porque nem sempre a rotatividade dos produtos alcança o potencial de venda previsto. 

No entanto, é preciso manter um estoque mínimo, para que os clientes não se decepcionem ao chegar no local e não encontrarem o que precisam. 

Mais uma vez, o planejamento é fundamental para melhor visualização dos pontos positivos e negativos.

Quais as vantagens e desvantagens de uma loja física?

Como em todo negócio, existe o lado positivo e negativo de ter um estabelecimento físico. Selecionamos então alguns pontos que você deve levar em consideração:

Vantagens

  • Atendimento personalizado: direto na loja, é mais fácil esclarecer dúvidas, fazer demonstrações e apresentar argumentos sobre a eficiência dos produtos;
  • Maior confiabilidade na compra: como existe muita fraude no e-commerce, a loja física oferece segurança, uma vez que o cliente confere tudo de perto, desde a mercadoria até a forma de pagamento;
  • Experiência mais completa: o atendimento presencial permite uma atenção mais diferenciada;
  • Retirada do produto na hora: o cliente sai na hora com a compra, depois de efetuar o pagamento;
  • Maior poder de negociação: as ofertas, políticas de desconto e parcelamento são mais fáceis de aplicar na venda presencial, aumentando o poder de negociação com o cliente.

Desvantagens

  • Necessidade de manutenção contínua da estrutura física;
  • Despesas com aluguel e IPTU;
  • Investimento maior em mão de obra;
  • Despesas com licenças e vistorias;
  • Necessidade de estoque imediato;
  • Preocupação maior sobre a segurança patrimonial.

Quais as diferenças de uma loja física e uma virtual? 

Os comércios físicos são importantes e essenciais para os milhares de clientes que preferem efetivar a compra depois de ver o produto. 

No entanto, as lojas virtuais estão cada vez mais populares e ganharam a preferência de um público fiel, sobretudo, daqueles que adoram conferir novidades na internet

Para você, que está pensando se investe ou não em uma loja física, é importante conhecer as diferenças entre essas duas modalidades e saber o que faz mais sentido para o seu negócio. Então, confira, a seguir: 

Investimento inicial

Uma coisa é certa, a loja física exige mais dinheiro para montagem, com despesas fixas e variáveis, como aluguel, água, luz, estoque e funcionários. 

Já no comércio eletrônico, você não vai precisar se preocupar em ter um espaço para atendimento ao cliente ou gastar além do domínio, hospedagem do site e da loja virtual, além das estratégias de marketing para divulgação da loja.

Localização

Você pode estar em São Paulo e seus clientes em qualquer lugar do país, ou seja, não existem barreiras físicas para realizar as vendas em um comércio online. 

Em contrapartida, a loja física requer um local de movimentação e acesso facilitado ao cliente ou você terá dificuldades de atrair seu público. 

Portanto, a localização exerce grande influência na decisão de compra, se tratando de distância e comodidade. 

Investimento em marketing

Os custos com as estratégias de marketing são diferentes para loja física e virtual. A divulgação do e-commerce é mais fácil, prática e barata, considerando as possibilidades de explorar as redes sociais para marcar presença digital.

O estabelecimento físico, por sua vez, demanda mais investimento nas formas tradicionais de divulgação, por exemplo:

  • Panfletos;
  • Outdoors;
  • Comerciais de televisão (dependendo da capacidade de investimento). 

Atendimento ao Cliente

O atendimento ao cliente na loja física é mais próximo e direto, enquanto no online é distante e impossível dimensionar as reações em relação ao produto. 

Por outro lado, na loja digital, o cliente não sente a pressão de ter um vendedor no encalço tentando convencê-lo a levar um item.

Horário de Funcionamento

Enquanto a loja física deve obedecer o horário comercial, o online funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e permite ao cliente escolher e comprar suas mercadorias a qualquer momento do dia ou da noite.

Qual é melhor: loja física ou virtual?

Essa é uma pergunta sem resposta definida, pois depende de cada tipo de negócio, seus objetivos como empreendedor, hábitos de compra do seu público e capacidade de venda dos produtos

Não existe uma regra sobre o que é melhor e talvez você não precise fazer essa escolha, mas considerar as duas modalidades funcionando. 

Até porque ambos os formatos podem ser complementares e abranger um público maior entre aqueles que compram na loja física e os que preferem a comodidade da internet, atraindo mais clientes.

Dessa forma você pode, inclusive, adotar o sistema omnichannel, de venda online com possibilidade de retirada na loja. Pode também integrar os estoques e unificar o gerenciamento do seu negócio. 

Ou seja, para cada modelo, há vantagens e desvantagens, você pode aproveitar o que há de bom e explorar suas potencialidades. 

Como integrar loja física com a virtual?

Todo negócio exige processo e controle. Ou seja, você vai precisar controlar a entrada e saída de mercadoria, assim como os valores financeiros.

Se a sua opção for ter um negócio físico e virtual, a melhor maneira de gerenciamento é fazer a integração. A seguir, veja então como funciona:

  • Unificar a base de cadastro dos clientes;
  • Manter a atualização cadastral;
  • Centralizar o acompanhamento das vendas independentemente do canal onde foram realizadas;
  • Controlar melhor o estoque;
  • Gerenciar a entrada e saída do caixa.

No Terra Empresas, você encontra nosso produto Loja Pronta, ou seja, nós fazemos o seu comércio com a cara do seu negócio. Basta você enviar todo o conteúdo que deseja incluir na sua loja:

  • Imagens;
  • Textos;
  • Redes sociais;
  • Logo (caso não tenha, não se preocupe, pois criamos um para você).

A gente precisa de apenas 10 dias para apresentar o primeiro layout personalizado da sua loja, que você pode aprovar de imediato ou solicitar os ajustes que julgar necessários. 

Nessa fase, os produtos que você pretende vender devem ser cadastrados, o que pode ser feito, inclusive, pelo aplicativo do Terra Empresas. 

Depois desse processo, nossa equipe apresenta a versão final do seu negócio online e somos nós quem cuidamos da publicação para você.

Basta escolher o domínio, solicitar o registro e pronto, sua loja já está apta a realizar as primeiras vendas. 

Você pode impulsionar ainda mais seu negócio utilizando as potentes ferramentas de divulgação do Google, Instagram e Facebook. 

Ao escolher seu domínio pelo Terra Empresas, você terá:

  • Domínio próprio: sualoja.com.br;
  • 10 caixas de e-mail personalizados: com o nome do seu negócio: você@seusite.com.br;
  • Sistema de segurança: suas vendas monitoradas em tempo real;
  • Suporte especializado: nosso time sempre pronto para tirar suas dúvidas;
  • Atendimento pelo WhatsApp: um atalho na sua loja para facilitar seu atendimento.

Conclusão

Você percebeu que a loja física pode ser o ponto de encontro do público com o seu negócio, mas que é possível ampliar os horizontes com uma loja virtual? Essa integração agrega valor e cria maior visibilidade para a sua marca. 

Enquanto no comércio físico é possível trabalhar melhor as especificidades do produto, no online a ênfase está na comodidade de receber a mercadoria em casa sem grandes preocupações.

Pense nisso e conte com a gente para colocar seu planejamento em prática e cuidar desse processo, integrando sua loja física com a Loja Pronta do Terra Empresas.

Até breve!

FacebookTwitterLinkedin
Topo



Veja também